Dicas para ser um Influenciador Digital

Dicas para ser um Influenciador Digital

“Dicas para ser um Influenciador Digital” de Márcia Monteiro

É indiscutível a mudança de paradigma que temos assistido nos últimos tempos. As marcas apostam cada vez mais na promoção e comunicação dos seus produtos e serviços através da opinião de influenciadores digitais. Se numa fase inicial os influenciadores digitais promoviam produtos e serviços a título pessoal, com base na sua experiência e experimentação, hoje em dia são cada vez mais as marcas que procuram os influenciadores digitais incentivando-os a experimentarem os seus produtos ou serviços e remunerando-os por isso. Há até quem já considere que ser influenciador(a) digital é um trabalho/cargo como outro qualquer.

Se está a pensar fazer parte destes trabalhos e cargos emergentes, independentemente da rede social que utiliza, seguem algumas dicas para se tornar num(a) verdadeiro(a) influenciador(a) digital.

#1 – Defina o seu Target: o primeiro tópico que deve ser tido com consideração é determinar o seu target (público-alvo). Quanto mais específico ele for, melhor conseguirá atingir essa fatia de mercado.

#2 – Conteúdo de Qualidade: criar conteúdo de qualidade é a única forma que existe para atrair o target de forma orgânica. Mais do que desenvolver conteúdo crítico com opiniões verdadeiras, é muito importante utilizar uma comunicação de acordo com a linguagem desse target.

#3 – Priorize as suas Habilidades: não faz sentido tornar-se num(a) influenciador(a) digital numa área ou tema que não domina. Os consumidores estão cada vez mais atentos e sabem exatamente quem são os verdadeiros(as) influenciadores digitais, conhecedores exímios de determinado tema ou área. Por isso desenvolva conteúdo crítico com opiniões verdadeiras e acrescente algo mais para além da informação que já existe disponível.

#4 – Adquira uma conta profissional: ao adquirir uma conta profissional (especialmente no Instagram), terá acesso a informação valiosa que em contas pessoais/normais não está disponível. É muito importante ter acesso, por exemplo, à análise de desempenho, número de interações ou perfil sócio demográfico dos visitantes/seguidores. Quanto mais conhecermos o comportamento dos seguidores, mais fácil será mantê-los.

#5 – Regras do Algoritmo: esta é uma temática que tem causado algum desconforto a alguns influenciadores digitais. Se antigamente as publicações eram visíveis de forma cronológica, agora é necessário estar atento ao algoritmo, nomeadamente:
– tempo médio que cada utilizador permanece online;
– grau de proximidade do utilizador em determinada publicação;
– grau de interação do utilizador com determinada publicação;
– cruzamento de dados com outras redes sociais (facebook, instagram, etc).

Márcia Monteiro – MA Marketing Course Leader
London School of Design and Marketing

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *