Procuram-se gestores de marketing que sejam tudo e não sejam nada

Procuram-se gestores de marketing que sejam tudo e não sejam nada

“Procuram-se gestores de marketing que sejam tudo e não sejam nada”

Quando fazemos uma pesquisa nos portais de emprego, rapidamente percebemos que os requisitos exigidos pelas empresas são cada vez mais exigentes. O mundo encontra-se em constante mudança e as evoluções tecnológicas são uma grande alavanca deste cenário. Cada vez mais as empresas procuram por colaboradores que sejam multifacetados e consigam realizar várias tarefas ao mesmo tempo em áreas distintas. E até este ponto está tudo bem. O problema é quando exigem esta faceta “multitasking” em áreas que não se relacionam. No que diz respeito ao marketing, são exigidos cada vez mais requisitos que muitas vezes nada têm a ver com o marketing e em algumas situações, os próprios candidatos às vagas de emprego têm a sua quota parte de culpa. Por exemplo, quando uma empresa abre uma vaga para gestor de marketing, é muito frequente encontrarmos anúncios que, para além da formação e experiência em marketing, exigem conhecimentos em design gráfico (com experiência numa panóplia infinita de programas de desenho e design), programação (com uma vasta experiência em programas técnicos) entre outros.

As empresas necessitam de compreender, de uma vez por todas, que um gestor de marketing não é um designer nem é um programador, assim como os designers ou programadores não podem ser considerados gestores de marketing. Por muito que queiramos acreditar que é possível existirem profissionais formados e com experiência em áreas distintas, não nos podemos esquecer que hoje em dia é necessário que os colaboradores sejam especializados e não generalistas. As empresas não podem continuar a ambicionar recrutar colaboradores que sejam implacáveis em todas as áreas, mas sim, recrutar colaboradores que sejam especialistas numa área que inevitavelmente se vão relacionar com especialistas de outras áreas. O complemento de especialistas em áreas distintas é o caminho para o sucesso que todas as empresas deveriam seguir.

Enquanto houver candidatos a compactuar com este tipo de situações, o cenário não vai mudar. É imperativo que cada um de nós (independentemente da nossa área de formação e/ou experiência), defenda a sua profissão separando claramente as funções que lhe pertencem das funções que pertencem a outros especialistas. É por isso que continua a ser muito frequente encontrarmos gestores de marketing a desempenhar funções de designers gráficos, assim como encontramos designers gráficos a elaborar campanhas de comunicação integradas em planos de marketing desenvolvidos por eles próprios. Esta situação não significa que estes dois exemplos de colaboradores não sejam eficientes nas suas funções e também não significa que não possam ter conhecimentos nestas áreas, mas é contraproducente e errado pensar que duas áreas e funções tão distintas possam ser executadas com o máximo de empenho e performance por uma só pessoa.

Este trabalho de consciencialização deve partir não só das empresas, como também dos candidatos, das universidades e da sociedade em geral.

No que concerne à área do marketing, o nosso conselho é muito simples: defendam a vossa profissão, não compactuem com este tipo de requisitos, mostrem e provem claramente que um bom gestor de marketing com formação e experiência em marketing, pode ter conhecimentos base numa área distinta, mas não pode ser especialista. A especialidade dos gestores de marketing deve estar sempre relacionada com a sua área de raiz, ou seja, gestão, comunicação, relações públicas, relações internacionais, vendas, marketing digital, entre outros. Quanto mais especialistas formos, melhor será o nosso desempenho e performance. Quanto mais experiência e conhecimento conseguirmos desenvolver dentro de uma só área, maior será o nosso foco e empenho.

Perante esta realidade, deixamos uma pergunta para reflexão: será que as empresas preferem contratar gestores de marketing que são tudo e na verdade não são nada ou preferem contratar gestores de marketing de alta performance e especialização?

 

London School of Design and Marketing

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *